bitNEWS – Feliz ‘Ultimo’ Ano Novo!!

Bom é isso ai cambada! O ano de 2011 chega ao fim e o fatídico 2012 vem pela frente. (com supostas emoções fortes)

Primeiramente nós do bitSTART gostariamos de desejar a todos um feliz e próspero ano novo! E segundamente em segundo lugar, de deixar isso de lado e ir ao que interessa, sobrevivência. É isso mesmo que você leu, S-O-B-R-E-V-I-V-Ê-N-C-I-A, esse é nosso ultimo ano e todos devemos estar preparados para o que esta por vir. Devemos ter as respostas para as perguntas mais simples como: “Você já tem seu bunker?”, “Devemos correr para as colinas?”, “Levo roupa de frio?” e muitas outras questões não resolvidas.

Se o mundo como o conhecemos vai acabar, como será isso? Meteóros, guerras nucleares, congelamento do planeta, grupo Restart? Foi pensando nisso que nós separamos algumas possíveis situações, dos games, que poderiam acarretar o fim da humanidade. E elas seguem assim:

Devastação Nuclear

Uma das possibilidades de “fim” do mundo é abordada na série Fallout, onde o mundo foi devastado por bombas atômicas, e os que sobreviveram têm que viver em um mundo com radioatividade, seres mutados, pessoas que simplesmente enlouqueceram ou até pessoas lutando novamente pelo controle de um mundo sem lei. O universo de Fallout é cheio das mais estranhas criaturas e situações onde quem decide o destino mundo do game é o jogador.

Eu costumava andar pela Wasteland mas atiraram no meu joelho…

Em Metro 2033 as coisas são um pouco diferentes. O mundo sofreu sim com um holocausto nuclear, mas dessa vez as pessoas se esconderam nos subterraneos do sistema de metrô, onde elas tiveram que aprender a conviver com a escuridão, falta de alimentos e o medo. O jogo se passa em Moscou e mostra o personagem Artyom passando por algumas estações de metrô em uma missão que aparentemente salvará a todos dessa situação. No jogo você deve utilizar armas de pressão, lanternas manuais, além de precisar utilizar filtros para sua máscara de gás sempre que for a superficie. É um universo sombrio e decadente, onde a esperança é muito pouca e as pessoas ainda devem se preocupar com monstros que começaram a habitar a o planeta.

Eu sempre gostei de andar de metrô…

Ameaça Zumbi

Zumbis são febre mundial. Muitas pessoas ao redor do globo lêem, assistem, criam ou jogam algo relacionado aos mortos que caminham. De criaturas criadas por simples macumba a monstros feitos em laboratório o Zumbis já fazem parte da cultura do nosso planeta. E na série Dead Rising essa idéia foi aproveitada e usada de forma cômica. No jogo podemos encontra várias figuras do universo Zumbi sendo parodiadas. Do general “acabem com todos” ao nerd que enlouquece, o jogo nos coloca em ambientes normais e conhecidos, porém abarrotados de Zumbis até o teto, e cabe ao jogador dar conta dos monstros com um arsenal, no mais, inusitado.

Zumbis são babacas…

Existe também o caso da série Left 4 Dead, que junta você + amigos + hordas de zumbis, na experiência zumbificada das mais loucas que você já possa ter visto. Com zumbis de vários tipos vindos de todos os lados de várias maneiras diferentes e gerados aleatoriamentes pelos mapas do jogo, o jogador passa por momentos frenéticos, acompanhado de seus parceiros, fugindo da forma possível desses mosntros.

Wiiiiiiiiiiiiiiiiiiiitch!!!!!

Meteóro

Por mais que todo mundo possa dizer que é quase ímpossivel sermos atingidos por um meteóro, isso pode acontecer. E porque não? Um raio já caiu duas vezes no mesmo lugar então porque não um grande pedaço de rocha mortal? Esse é um tema que foi usado no jogo Rage que saiu a algum tempo. Onde o planeta foi alvo de um grande Meteóro, e as pessoas acreditando no fim do mundo começaram a escolher pessoas fodas com aptidões extraordinárias para um projeto de repovoamento após a destruição que o “pedregulho” causaria. Entretanto o mundo não acabou totalmente, pessoas e ‘coisas’ ainda vivem nesse novo mundo que lembra o universo da série de cinema Madmax (se não conhece pergunte ao adulto da casa), como o jogador pode ver assim que seu personagem acorda em uma das câmaras de segurança, onde hibernavam as pessoas escolhidas, e as pessoas têm até tempo para umas corridas de carro bem esportivas com direito a tiroteio e, possivelmente, morte.

Houston we gotta problem…

Apocalipse Bíblico

A idéia mais aceita (das formas de extermínio em massa) é a do Apocalipse como está descrito na própria Bíblia. O jogo Darksiders mostra essa versão(com algumas alterações certamente) do que nos aguarda no Fim dos Tempos. Mas, como é dito, o fim do mundo acabará com toda a humanidade, logo, todos os humanos morrem no ínicio do jogo e nós ficamos jogando com War, um dos cavaleiros do Apocalipse que (vejam só) aparece na hora errada e causa o fim dos humanos na Terra. Depois disso ele descobre a armação e resolve procurar os culpados para provar sua inocência aos Júizes(seres que decidem as coisas no universo da série) e também descer o cacete em quem ferrou com ele.

Sintam a participação “tocante” dos humanos correndo

Então é isso. Podemos esperar por essas e muitas outras formas, não mostradas aqui, para o nosso prematuro fim. Como seria isso para vocês? Aguaradando com pipoca na mão? Medo e horror só de pensar no assunto? Pura besteira capítalista para vender mais kits sobrevivência? N.D.A.?

Anúncios

Publicado em 01/01/2012, em bitNEWS e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Opções Fantásticas!
    Gostei muito do Apocalipse Bíblico!

  2. Ameaça Zumbi é massa!

  3. Hoje em dia “fim do mundo” virou tema para ganhar muito dinheiro.

    Maranata, Ora vem Senhor Jesus. O Senhor está voltando!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: