bitREVIEW – Sonic Generations

Xbox 360/ Playstation 3/PC

Só de ouvir o nome Sonic, já vem a minha memória muitas boas lembranças, bons momentos da minha infância gamer. Momentos únicos como o simples fato de sair correndo sem se preocupar pela bonita paisagem de Green Hill Zone no Mega Drive. Coisas que com o tempo e os recentes lançamentos do porco-espinho azul mais famoso do mundo foram ficando esquecidas. Afinal os lançamentos da Sonic Team com a SEGA de jogos do Sonic nesses anos não são dignos de serem lembrados. Com exceção dos dois jogos do Sonic Adventure de Dreamcast e um suspiro em Sonic Rush do DS, não tivemos muita coisa boa. Recentemente as coisas começaram a mudar, parece que a Sonic Team está começando a ouvir os fãs e colocando as coisas no eixo, mais sem deixar de inovar e criar algo novo. Assim então veio o muito bem recebido Sonic Colors pro Wii e agora o excelente Sonic Generations.

No Sonic Generations, os produtores atendendo aos pedidos dos fãs, trouxeram de volta o clima do Sonic antigo 2D da era dourada do Mega Drive, trazendo inclusive o Sonic “gordinho” que os fãs tanto falam. Utilizando a velha mecânica de plataforma 2D e de velocidade dos jogos antigos. Mais a Sonic Team não queria deixar de lado tudo que tinha feito nos últimos anos com o “novo Sonic”, queria aproveitar o que ela tinha feito de novo e interessante também. Então por que não juntar os dois? E foi isso que aconteceu.

História: A história nunca foi o ponto forte de Sonic, já que o jogo tem uma temática simples para agradar todas as idades. E quem se importa? O legal de sonic é sair correndo por aí e saltando sobre molas! Para conseguir juntar o Sonic clássico com o Sonic novo, eles criaram uma distorção no tempo. Durante o aniversário do Sonic, enquanto festejavam mais um ano de vida do Sonic com toda a galera do Sonic (ou seja, aquele monte de bixu estranho… raposa, eqüidna, jacaré…), um monstro estranho surge do céu e  começa a puxar todo mundo para um portal. Aí então que o tempo se distorce.

Sonic então encontra o Sonic do passado (que no jogo é mudo) e juntos vão tentar salvar seus amigos e restaurar o mundo. Os amigos de Sonic ficaram paralisados como uma estátua branca em diferentes lugares que também estão brancos, que são os estágios do jogo. E para salvá-los você deve terminar o respectivo estágio com o Sonic do passado e o do presente para que o lugar volte ao normal com cores e o seu amigo seja salvo. Avançando assim pelos estágios e enfrentando o clássico vilão Dr. Eggman (ou Robotnik…).

Jogabilidade: O ponto alto do jogo. Aproveitando a questão do Sonic do passado e o do presente, utilizam de acordo com o Sonic que você está usando a jogabilidade igual ao do jogo do Sonic em questão. Quando jogando com o Sonic do passado você tem toda a jogabilidade dos Sonics 2D do Mega Drive, somente com o pulo e com a bolinha que você fica girando abaixado, que agora pode ser usado pressionando um botão, facilitando seu uso. Já com o Sonic moderno, temos a barra do dash e a sua corrida, aquele pulo que mira automaticamente nos alvos próximos, além de vários elementos modernos. E toda a jogabilidade e movimentação 3D, alternando algumas vezes para o clássico side-scroller 2D.

A sensação de velocidade do jogo é sensacional, melhor que qualquer Need for Speed que você jogue. E o jogo te proporciona isso de forma simples e divertida, com uma jogabilidade simples e eficiente. Passando por cenários clássicos de jogos antigos mais todos atualizados e refeitos, divididos em dois atos, um para o Sonic antigo e o outro para o moderno. O excelente level design do jogo está de novo presente, com cenários muito bem feitos e pensados. As boss fights são divertidas, com chefes grandes e que alternam diferentes formas para se vencer cada um.

O jogo também tem um fator replay muito bom. Pois são vários desafios para você concluir, muito conteúdo para desbloquear, como músicas, artworks e ficha de personagens. Você também conquista pontos que você pode comprar skills, que te dão alguns benefícios no jogo.

Som: A trilha sonora de Sonic sempre foi muito boa. Tanto que até pessoas que não curtem games conhecem as músicas. Nesse jogo aproveitando o fato de terem vários cenários de jogos antigos, trouxeram de volta as músicas clássicas, mais todas regravadas com uma qualidade muito boa.

Outra coisa interessante, é que quando se joga o estágio no ato do Sonic clássico, a música que toca é a clássica. Mas quando se joga o estágio com o Sonic moderno, você ouve uma versão nova da música, remixada e num estilo diferente, deixando ela mais “moderna” e agitada para toda a correria do Sonic novo.


Gráficos: O gráfico do jogo me surpreendeu. Somado ao magnífico level design do jogo, os gráficos fluem muito bem. Com cenários muito artísticos e criativos feitos com muita inspiração. São diferentes paisagens de acordo com cada estágio, desde praias, cidades, fábricas e vulcões, tudo muito colorido e vívido.

Prós:

  • Excelente Level Design
  • Ótima jogabilidade
  • Restaurou o espírito dos jogos do Sonic clássicos
  • Trilha sonora muito boa

Contras

  • História simples e meio sem noção
  • Alguns estágios clássicos ficaram de fora
  • Alguns personagens não são muito carismáticos

Conclusão:

O jogo traz de volta tudo o que gostávamos nos jogos clássicos do Sonic, sem deixar de aproveitar o que teve de bom nos jogos mais recentes. Mesclando tudo de uma forma muito competente, trazendo um jogo com uma jogabilidade legal e muito divertido. A história simples não compromete o jogo, pois não é o foco do jogo. Os cenários já conhecidos refeitos com gráficos muito bonitos e coloridos junto com a nova trilha sonora elevam o padrão do jogo. É um ótimo jogo e que me surpreendeu positivamente, mais um ótimo jogo que vale a pena ser lembrado em meio a tantos bons lançamentos de 2011.

Nota: 8,5

Anúncios

Sobre matheus2santos

Tendendo ao infinito...

Publicado em 27/01/2012, em bitREVIEW e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Sonic faz parte da minha infancia e como todo fã de games fico muito feliz por ver que continuam fazendo jogos com esses personagens! Otima explicação sobre o game e de fato sonic nunca foi bom pela historia ne…a parada msm é correr!

  2. Vou falar (digitar) pra cacete agora:

    Quem é jogador casual do Sonic, geralmente aprova esse game por causa da beleza, Em geral eu concordo com a nota acima, mas para aqueles que sabem que Sonic possui bons elementos que são únicos da série, se sente um pouco frustrado quando não os vê num game que tinha tudo para ser épico.

    A ideia do Generations é boa, mas me pareceu um game feito às pressas. Não reclamo dos gráficos, que a meu ver, foi o melhor gráfico que vi até agora em um jogo do Sonic.
    Ver cenários da era 16 bits serem redesenhados para o presente século enchem os olhos de nostalgia.

    Mas, como Sonic gamer exigente e que é não fanboy de jeito nenhum da Sega, consigo perceber a preocupação de se entregar o game para o aniversário de 20 anos do Sonic e que não poderia ter sido cozido um pouco mais no fogo, senão seria em comemoração ao 21º aniversário!

    Poucos “chefes de fase” (1 para cada 6 atos) e muitos deles, categoria meia boca de se derrotar, especialmente o chefe final que é escroto demais_nível extreme!

    Quanto às fases, a engine adaptada do Sonic Unleashed, faz com que tudo seja voltado para que você aperte um botão de “nitro” aqui e pule um pouco ali e… Acabou! Need for Speed (conforme comparou o autor desse post) de sapatos vermelhos. Até Drift dá pra fazer!

    Vejo que este jogo é o jogo do Sonic clássico. Aqui em casa, apenas eu gostava de jogar também com o moderno, mas pela prática popular, meus primos, minha irmã (que jogou revezando o controle comigo e fez o mais difícil que era coletar as estrelas vermelhas da sua fase ) só queriam saber do Sonic barrigudinho…

    Até as skills para o sonic clássico são melhores: escudos elementais, skate e até a habilidade de homing attack para se igualar ao sonic moderno, enquanto o moderno recebe itens “passivos” como aumentar a velocidade, capacidade de acrobacias, notáveis, mas menos empolgantes.

    Sobre elementos que não poderiam estar de fora:

    Fase bônus para as esmeraldas. O jogo só é curto porque você sua pouco para conseguir as benditas esmeraldas e você já sabe que vai para última fase como Super Sonic de alguma forma, em algum instante. Finais alternativos, um com o Sonic normal e outro com o super Sonic? Esqueça-os! Complete as fases e você as tem como liquidação de fim de ano! E eu ainda pensei que pudesse ver o Hyper Sonic em algum momento do jogo devido à presença da fase Sky sanctuary…

    Multiplayer:

    Porque não um multiplayer?

    Mesmo que a galera zoófila da Sonic Team, que tem uma mania incontrolável de criar personagem para cada jogo novo do Sonic, não quisessem colocar toda essa criação multicolorida, a disputa entre os dois Sonics com direito aos skills, em uma fase split igual ao do sonic 2 seria aceitável ou memorável!

    Câmera:

    Sou grande fã do “feioso” Sonic Adventure 2 e creio que se a Sega fizesse uma continuação do game com os gráficos que possui agora, seria uma tacada certeira. Gostava do frio na espinha para que o personagem em plena queda livre caísse certo em alguns trilhos estreitos ou emendassem um voô por um caminho de argolas com o light shoes e ainda me divertia nas fases de exploração do Knuckles e da Rouge que eram mais legais (Não vou defender o Tails e o Eggman, suas fases eram fases bem chatinhas).
    Até o game de Dreamcast tinha algo que não possui nesse novo Generation. Um botão para girar a câmera 360º para você ver o cenário ao redor. Lógico! O cenário é para correr em frente sem parar! Por que “equidnas” você iria querer explorar um cenário atrás de itens secretos que não existem? Contentem-se com as estrelas vermelhas que esfregamos na sua cara, otário!

    Por fim, depois de completar todas as missões e se f#d&r tirando rank A em todas elas, o item mais raro e caro que você conseguirá no game é a liberação da fase original, em 16 bits, do sonic 1 ( tanta fase melhor, que fase repetida, mais sem graça, como prêmio!)

    Em uma época onde outras produtoras massacram as concorrentes com jogos que beiram a realidade e investem muito para conquistar a excelência cinematográfica, é um grande desafio para a Sega tentar manter de pé uma franquia com um ouriço azul falante oriundo da era das mascotes de consoles da década de 90. Por isso, eu os aplaudo. Embora que, sentado na minha confortável cadeira.
    Ainda falta um tanto para a Sega/Sonic Team arrancar um aplauso de pé de um jogador de Sonic desde os clássicos até agora e que não vê problema em continuar acompanhando as evoluções dos jogos que marcaram a própria infância.

    • matheus2santos

      Obrigado pela sua análise Willcesar.

      Eu concordo com muita coisa que você disse, o jogo apesar d bom, poderia ter sido melhor acabado. Como você msm disse, provavelmente devido ao fato de lançar o jogo no aniversário de 20 anos do Sonic e cumprir prazo. Se vc tirar os chalenges, o jogo fica curto, vc pode terminar ele numa tarde. Como eu msm citei, poderiam ter mais estágios. E para cada estágio poderia ter um boss próprio tb, existem poucos chefes no jogo.
      A idéia das esmeraldas não estarem escondidas em fases bônus, foi pq quiseram utilizar o Super Sonic como elemento de história, mais se tivessem esmeraldas escondidas para um Hyper Sonic seria legal sim e válido.
      Um multiplayer estilo o do Sonic 2 seria bem interessante sim, até msm para leaderboards nos serviços online. Quanto a movimentação de câmera, eu acho q não utilizaram, pq quiseram deixar a jogabilidade simplificada para lembrar os antigos jogos.
      Mais pela tentativa da SEGA de fazer algo pensando nos fãs da série lá de trás, e ainda com coragem de inovar, só isso já é válido. Não é um jogo perfeito, porém é um bom jogo, ainda mais olhando os outros títulos do Sonic atuais.
      E é um bom sinal do q pode vir pela frente da Sonic Team, vamos esperar o Sonic 4 – Epispde 2, q tb estão tendo mt cuidado para agradar os fãs.

      Abraços =P

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: