bitREVIEW – Poly Bridge

PolyBridge banner

Pontes, pontes para todo lado! Se você ainda não percebeu, este é um jogo sobre pontes, ou melhor dizendo, sobre construção de pontes. Esse é um tipo de game que existe aos montes pelo mundo afora onde que que olhemos, mas será que Poly Bridge tem seu diferencial, e se destaca nesse grande mar de cimento e aço?

História: O jogo não possui uma história a ser seguida, mas existe um motivo pelo qual ele foi criado. Poly Bridge foi um game nascido do amor de Patrick Corrieri por jogos de construção com foco em física, mais especificamente inspirado por seu game favorito Bridge Construction Set(Pontifex 2). Já tendo feito um game de construção de pontes anteriormente, como um título chamado Paper Bridge para iOS, Patrick pôde se aproveitar se sua experiência passada para tornar esse novo game algo melhor para esse gênero de nicho, implementando várias opções para a comunidade e aumentando a longevidade do jogo.

Screenshot_02

 

Jogabilidade:  Logo de inicio somos apresentados as ferramentas disponíveis e a algumas situações onde diferentes tipos de pontes são usadas. A fases se resumem a fazer com que um ou mais carros, motos, ou até navios atravessem o espaço de sua(s) ponte(s) sem maiores acidentes. Para isso devemos levar em conta o peso, o estresse sobre as fundações, número de veículos passando ao mesmo tempo e outros vários problemas que poderiam causar o desabamento de toda a construção, sem contar o dinheiro investido e as limitações de projeto. No jogo existem mais de 100 níveis para serem desbloqueados, um modo sandbox de criação de fases, integração com o Steam Workshop, compartilhamento por Twitch e mesmo começando simples, o game possui ferramentas para construção avançadas que só serão limitadas pela verba disponível e sua criatividade.

Trilha Sonora: A trilha sonora presente no jogo faz seu papel de relaxar o jogador enquanto ele quebra a cabeça tentando completar seu objetivo. Podemos passar horas na construção de pontes sem que suas músicas se tornem enjoativas ou irritantes, o que contribui bastante sendo ele um jogo que exige certa paciência.

Screenshot_06

Gráficos:  O jogo faz um bom uso da Unity Engine. Cada fase tem seu estilo e o jogo todo possui uma pegada de cartoon, com gráficos simples mas bonitos e bem coloridos, adicionando a temática apresentada.  

Prós:

  • Vários níveis;
  • Jogabilidade simples;
  • Bom para jogadas rápidas;

Contras:

  • Definitivamente é um jogo de nicho;

 

Conclusão: Certamente é um jogo com um público alvo bem definido. Se jogos desse estilo não são sua ‘praia’ com Poly Bridge não seria diferente, mas dentro do gênero escolhido o game faz bonito e é uma boa opção para amantes do gênero. Ele está disponível para Linux, Mac OSX e Window, sendo lançado PCs pelo Steam. Uma versão para mobiles seria uma ótima adição dada a temática de todo o game em fases.

Nota: 8,0

Anúncios

Publicado em 01/08/2016, em bitREVIEW. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: