Arquivos do Blog

bitREVIEW – Fragile Dreams: Farewell Ruins of the Moon

Simplesmente um jogaço, não tinha tantas expectativas sobre este Game, Dan pediu para eu jogasse e alegando que não fosse me arrepender. Bem, ele estava certo!

Lançado em Março de 2010 pela Tri-Crescendo (Eternal Sonata, Blue Dragon e entre outros) Fragile Dreams te prende do começo ao fim e deixa saudades quando termina.

História:

Um garoto de 15 anos chamado Seto, que aparenta ser a última pessoa do mundo, morava com seu Velho em um observatório. Após a morte desse homem, ele resolve aventurar-se no mundo todo em busca de sobreviventes. Em seguida, ele encontra uma misteriosa garota de cabelos prateados cantando sob a luz do luar. Ela foge após trocarem algumas palavras.

Seto sai em busca da Garota e sobreviventes e por aí a trama se desenvolve.

Jogabilidade:

Fragile Dreams é um jogo muito focado na exploração, e acaba não se preocupando muito com os combate, tornando-os muito repetitivos.

A mira do Seto é controlada pelo Wii Remote, enquanto você o movimenta pelo analógico do nunchuk

Durante o combate, é necessário iluminar com sua lanterna ou golpear seus inimigos com pedaços de madeira ou até mesmo disparando flechas com seu arco.

Seto obtém experiência derrotando seus inimigos, podendo upar o seu level, conseqüentemente aumentando seu HP e o dano causado pelos seus ataques.

Sua mochila é limitada para carregar itens e equipamentos, além de terem itens desconhecidos, que só podem ser identificados nas fogueiras(Save points do jogo).

SOM:

O áudio é impecável, tanto sua dublagem quanto sua trilha sonora.

O jogo faz uso do alto-falante do Wii remote que é utilizado freqüentemente, aumentando ainda mais a imersão no clima do game.

Gráficos:

Graficamente o jogo está muito bonito (Sua linda) apesar das limitações do console, e as artworks são fantásticas!

Abertura do jogo:

 

Prós:

  • História Fantástica, muito triste por sinal, chorei bastante! D:
  • Gráficos bem bonitos e trabalhados.
  • Trilha Sonora e Dublagem impecáveis.
  • Memory Items – São itens encontrados no jogo que contém as últimas memórias do seu dono antes deles morrerem.

Contras:

  • Combate repetitivo, podendo até evita-los com muita facilidade fugindo.
  • As armas quebram, e se você não tiver mais nenhuma no inventário, você terá que ir até a fogueira para ou pegar do báu (que tem espaço ilimitado) ou comprar com o vendedor.
  • O game é curto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conclusão:

Se você gosta de um enredo sério e gráficos bons, jogue Fragile Dreams! Ele lhe proporcionará uma experiência única.

“I look forward to our next meeting!”

 Nota: 9,5

Arcuz

Arcuz é um jogo de RPG de browser que na minha humilde opinião deixa muitos Rpg’s no chinelo, ele tem uma mistura de diversos jogos de RPG’s, graficamente ele me lembra Ragnarok, já na jogabilidade tem muito de Diablo e Lunia.
O jogo demora um pouco para carregar, mas enquanto ele carrega você pode ficar matando os slimes para passar o tempo, o jogo tem ate sistema de quests, as quests são bem parecidas com a do WoW(Exclamação e Interrogação), você pode salvar o jogo e continuar mais tarde se quiser, mas o dados só são salvos no pc em que estava jogando.
Como Jogar
W, A, S, D = Movimento
J = Atacar/Falar
K = Saltar
I, L = Usar habilidades mostradas
1-3 = Usar itens mostrados
Enjoy!

ARCUZ

Ps: Caso tiver algum problema com o a carregamento, tente outro navegador.
Comentem!! Postem seus Llvs!!!